CAMPANHA NACIONAL DE RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS DEVE BENEFICIAR 14 MIL PEQUENOS NEGÓCIOS

Com o objetivo de auxiliar os pequenos negócios que estão com parcelas em atraso, o Sebrae realiza, ao longo do mês de junho, a Campanha Nacional de Renegociação de Dívidas. O movimento será marcado por diversas iniciativas de estímulo à regularização de débitos. A estimativa é que cerca de 14 mil empresas – entre Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – estejam em atraso com os pagamentos de empréstimos realizados com garantias feitas pelo Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), gerido pelo Sebrae.

Todas as organizações financeiras que participam da Campanha vão disponibilizar canais especiais de renegociação e oferecer condições privilegiadas para a regularização de débitos. O lançamento da Campanha aconteceu na última sexta-feira (3), em uma coletiva on-line com as presenças de representantes do Sebrae, Banco do Brasil e Caixa.

O Sebrae terá as parcerias de algumas das principais instituições financeiras do país: CAIXA, BDMG, BRDE, AGERIO, ACCREDITO, Desenvolve SP, Agência de Fomento de Goiás, Banco Original e Banco do Brasil. Ao longo do mês de junho, a Campanha Nacional pela Renegociação contará com uma vasta programação de palestras. Através do canal oficial do Sebrae no Youtube, os empreendedores que têm interesse em renegociar seus débitos poderão conhecer mais sobre as condições de cada instituição financeira.

Texto: Agência Sebrae de Notícias I Foto: Ilustrativa / Internet