Parabéns, Nova Serrana!!!

Feliz 2022 com saúde e muitas bênçãos!

Confira as datas importantes do calendário de pagamentos para os pequenos negócios

Com a intensa movimentação do final do ano, os empreendedores devem ficar atentos para não perder prazos importantes na gestão de negócio. Em especial, os microempreendedores individuais (MEI) e os optantes do Simples Nacional ainda precisam colocar na agenda algumas obrigações para 2021. Até 31 de dezembro, esses empresários precisam entregar declarações importantes, como a da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS) e a Declaração Anual do Simples Nacional do Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI).

Passado o período de festas, 2022 já começa com um compromisso importante, principalmente para os adeptos do Simples Nacional que estão com pendências com a Receita Federal e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Também durante o mês de janeiro, é aberta a oportunidade para quem quiser aderir ao sistema de tributação pela primeira vez. Confira a seguir as principais datas para os empreendedores marcarem no calendário.

Prazos Simples Nacional e MEI:

  • Até 31 de dezembro de 2021: prazo final para a entrega da Declaração Anual do Simples Nacional do Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI), relativamente à empresa que tenha sido extinta em Novembro de 2021.
  • Até 31 de janeiro de 2022: os pequenos negócios que foram excluídos do Simples Nacional têm até 31 de janeiro para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Esse também é o último dia para os empreendedores que estão em outros regimes de tributação e quiserem aderir ao Simples Nacional, pela primeira vez, solicitarem a adesão. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano.
  • Até 31 de março de 2022: a Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS), em regra, deve ser entregue até 31 de março do ano-calendário subsequente ao da ocorrência dos fatos geradores dos tributos previstos no Simples Nacional. Em 2021, esse prazo foi prorrogado para 31 de maio de 2021.
  • Até 31 de maio de 2022: o MEI deve apresentar, até 31 de maio de cada ano, a Declaração Anual do Simples Nacional do Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI), relativa ao ano anterior.

Boleto mensal
O prazo para vencimento do boleto mensal, tanto para os empreendedores vinculados ao Simples Nacional quanto para os Microempreendedores Individuais (MEI), vence todo dia 20 de cada mês. Se cair em feriados ou finais de semana, o vencimento ocorrerá no primeiro dia útil subsequente.

Início de atividade
Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível). Todo o processo de adesão é feito exclusivamente pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional.

Benefícios do Simples
Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

30% dos consumidores que pretendem presentear este ano possuem contas em atraso

Tradição, demonstração de afeto, merecimento, pressão dos filhos e familiares – motivos não faltam para justificar as despesas com a compra de presentes no Natal. Porém, muitas pessoas tomam decisões financeiras impensadas nesta época e acabam comprometendo o orçamento, gastando mais do que podem e se endividando.

Pesquisa realizada pela CNDL/SPC Brasil, em parceria com a Offer Wise Pesquisas, identificou que 30% dos consumidores que pretendem presentear este ano possuem contas em atraso, sendo que 67% estão com o nome sujo.

➡️ Clique aqui para conferir a pesquisa completa.

Amigo oculto deve movimentar recursos na ordem de R$ 6,3 bilhões

Tradicional brincadeira do mês de dezembro, o ‘amigo secreto’ fará parte das comemorações neste fim de ano de boa parte dos brasileiros.

Pesquisa CNDL/SPC Brasil, em parceria com a Offer Wise Pesquisas, mostra que 37% dos consumidores pretendem participar de amigo secreto este ano.

Estima-se que 59,7 milhões de pessoas devam participar deste tipo de evento no período do Natal.

➡️ Clique aqui para ver a pesquisa completa.

.

Confira mais esta notícia maravilhosa que a CDL Nova Serrana tem para você.

Firmamos uma parceria com a NOVAMED para que você tenha apoio e precinhos especialíssimos para cumprir as exigências do E-social.

O prazo para o envio da documentação começa dia 10 de janeiro. Antes disso, você precisa providenciar sua documentação. Portanto, não perca mais tempo. Já ligue para a Jô, no telefone 3226-2271 ou 99122-1851, informe que é nosso associado, e deixe a Novamed cuidar de tudo para você.

SEGUEM MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS EXIGÊNCIAS DO E-SOCIAL E DA NOSSA PARCERIA COM A NOVAMED:

O QUE É O PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCO?
O Programa de Gerenciamento de Risco (PGR-NR 01) é o programa responsável por documentar o gerenciamento de risco ocupacional de cada empresa e substituirá o atual Programa de Prevenção aos Riscos Ambientais (PPRA). De acordo com o programa, sua empresa é obrigada a ter dois documentos base: Inventário de Riscos e Plano de Ação;

QUAIS EMPRESAS NÃO PRECISAM ELABORAR O PGR?
As empresas que se enquadrarem nos graus de risco 1 e 2 da NR 04. São, por exemplo, comércios atacadistas e outros que não exponham os trabalhadores a agentes físicos, químicos e biológicos (NR 09).

COMO IDENTIFICAR O GRAU DE RISCO DA EMPRESA?
Para saber o grau de risco da empresa é necessário identificar a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) da sua empresa.

As empresas podem ser classificadas como:
– Grau de risco 1- Risco muito baixo
– Grau de risco 2 – Risco baixo
– Grau de risco 3 – Risco médio
– Grau de risco 4 – Risco alto

IMPORTANTE: Não precisam de documento do Programa de Gerenciamento de Risco (PGR), as empresas que se enquadram no grau de risco 1 e 2 ou que não estejam expondo seus colaboradores aos riscos químicos, físicos e biológicos.

Conforme a Portaria SEPRT8.873, as empresas de grau de risco 1 e 2 poderão fazer sua auto-declaração de isenção de risco físico, químico e biológico, ficando dispensadas de elaborar o PGR e PCMSO. A avaliação de risco mesmo não sendo obrigatória pode ser feita através do LTCAT, ou inspeção feita por um profissional habilitado.

PARCERIA ENTRE CDL E NOVAMED:

A NOVAMED fará o envio do ASO para o E-social:
* ASO: desconto de R$10,00 para associados;
* Empresas associadas com até 10 funcionários investirão apenas ½ salário semestral;
* Empresas que tenham entre 11 e 20 funcionários investirão apenas R$15,00 por funcionário/mês;
*Não serão cobrados documentos de empresas de grau de risco 1 e 2;
*Empresas de grau de risco 3 e 4 investirão apenas 50% do valor da documentação.

Observação: as medições químicas, físicas, biológicas, ergonômicas e os exames complementares serão por conta das empresas contratantes.

Mais informações e dúvidas ligue para a Jô da Novamed:
37 3226-0127 ou 99122-1851
Se preferir vá à Rua Assulina Ferreira da Silva – Bairro Frei Paulo.

Falta pouco para Nova Serrana ter uma APAC

Comércio alimentício de Nova Serrana ganhará caso Município adote Cartão Cesta Básica

Semana passada, o presidente da CDL Rinaldo Correa; e os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Helena Sousa; e Desenvolvimento Social, Gustavo Amaral, foram a Betim conhecer o modelo de distribuição de cestas básicas desenvolvido naquele município.

“O sistema deles é fantástico! Em vez de entregar alimentos, eles dão às famílias um cartão com limite igual ao valor da cesta básica. Se adotado aqui beneficiará muito nosso comércio. Além de deixar na cidade o recurso usado para compra desses produtos, ainda facilitará a vida das pessoas, que poderão escolher as marcas e quais alimentos comprar”, destacou Rinaldo Correa.